EUA estudarão ampliação de sanções bilaterais contra Zimbábue

Washington, 15 jul (EFE).- O Governo dos Estados Unidos estudará ampliar suas sanções bilaterais contra o regime do presidente Robert Mugabe no Zimbábue após fracassar uma tentativa de impor medidas no Conselho de Segurança da ONU.

EFE |

Em entrevista coletiva na Casa Branca, o presidente dos EUA, George W. Bush, afirmou hoje que "o que é necessário fazer é analisar se podemos ou não impor mais sanções contra os líderes do regime".

O Departamento do Tesouro e o de Estado, explicou, "estão estudando" quais medidas adicionais podem ser impostas.

Bush afirmou estar "decepcionado" por causa do veto imposto pela Rússia e pela China à proposta de resolução patrocinada pelos EUA e pelo Reino Unido e que continha uma série de sanções econômicas e diplomáticas contra personalidades do regime zimbabuano.

Por outro lado, em uma conferência com líderes africanos em Washington, a secretária de Estado, Condoleezza Rice, afirmou que estes países devem aumentar sua pressão sobre Mugabe para que responda por suas ações.

"É difícil imaginar que a África vá alcançar todo seu potencial até que todos os seus líderes tenham que responder a suas ações e respeitar a vontade popular", declarou Rice.

O Governo dos EUA já impôs uma série de sanções econômicas e proibições de viagem a líderes zimbabuanos após o segundo turno das eleições presidenciais neste país no mês passado.

O líder da oposição, Morgan Tsvangirai, saiu da disputa diante da violência política contra seus partidários e Mugabe se proclamou vencedor do pleito após concorrer sem rivais.

Os EUA consideram que o resultado autêntico destas eleições é o indicado pelo primeiro turno, realizado no dia 29 de março e no qual Tsvangirai venceu, mas não pela diferença suficiente para evitar o segundo turno.

A União Africana tenta patrocinar um acordo entre Mugabe e Tsvangirai para a formação de um Governo de união nacional. EFE mv/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG