EUA estudam incluir Coreia do Norte na lista negra de terrorismo

Washington, 29 mai (EFE).- O Governo dos Estados Unidos informou hoje que não descarta incluir a Coreia do Norte na lista de países que, para Washington, patrocinam o terrorismo, da qual a nação tinha sido excluída no ano passado sob o mandato de George W.

EFE |

Bush.

Em comunicado, o Departamento de Estado americano explicou que, para que um país seja incluído nessa lista negra, a secretária de Estado "tem que determinar que o Governo da Coreia do Norte forneceu em repetidas vezes apoio para atos de terrorismo internacional".

"Os Estados Unidos aplicarão as cláusulas da lei conforme exijam os fatos" no terreno, explicou na nota, sem dar mais detalhes.

Bush, que em 2002 incluiu a Coreia do Norte no chamado "eixo do mal" junto ao Iraque e ao Irã, retirou o país da lista negra em 11 de outubro de 2008, como parte de um esforço para promover um acordo de desarmamento nuclear.

A decisão de Bush, cujo Governo qualificou o ato de conquista diplomática, causou uma grande polêmica dentro da classe política americana e a rejeição do Executivo japonês.

Através da lista de países que patrocinam o terrorismo, os Estados Unidos aplicam sanções, restrições na ajuda externa e proíbem a venda de armas à nação envolvida. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG