EUA estudam ação contra sequestro de navio perto da Somália

Washington, 8 abr (EFE).- O Governo dos Estados Unidos estuda ações para acabar com o sequestro de uma embarcação americana tomada por piratas no Oceano Índico, disse hoje o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

EFE |

"Nossa prioridade é a segurança dos membros da tripulação no navio", acrescentou Gibbs.

Segundo informações do grupo dinamarquês A.P. Moller-Maersk, um grupo de somalis seqüestrou o cargueiro "Maersk Alabama" às 23h (de Brasília) de ontem, a cerca de 500 quilômetros do litoral da Somália.

O navio, de propriedade da Maersk Line, uma filial da transportadora marítima de mercadorias, seguia para Mombaça, com 20 americanos a bordo.

Segundo especialistas, a melhoria das condições meteorológicas nesta época do ano facilita as operações das pequenas embarcações usadas pelos sequestradores.

Por sua vez, a Marinha americana disse que o "Maersk Alabama" foi atacado a nordeste de Eyl, localidade que fica no norte da Somália.

EFE jab/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG