EUA estendem por 1 ano sanções contra Coreia do Norte por programa nuclear

Washington, 24 jun (EFE).- O Governo dos Estados Unidos estendeu hoje por mais um ano as sanções contra Coreia do Norte ao crescerem as tensões entre os países pelo programa de desenvolvimento nuclear e de mísseis norte-coreano.

EFE |

As sanções foram adotadas pelo Governo do presidente George W.

Bush no ano passado e expirariam nesta sexta-feira.

Nessa ocasião, a Ordem Executiva afirmou que a medida tinha como objetivo enfrentar a "ultrapassada e extraordinária ameaça para a segurança nacional" representada pelo perigo de uma proliferação nuclear na península coreana.

A nova Ordem Executiva assinada pelo presidente Barack Obama e dirigida ao Congresso afirma que essa ameaça persiste e as medidas adotadas devem continuar em vigor além de 26 de junho de 2009.

As sanções incluem a proibição de trocas militares assim como a de realizar operações financeiras e outras medidas.

O conflito entre os países se intensificou nas últimas semanas e no início deste mês a secretária de Estado, Hillary Clinton, revelou que os Estados Unidos estudam voltar a incluir a Coreia do Norte na lista de países que patrocinam o terrorismo. EFE ojl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG