EUA estão satisfeitos por perdão de dívida iraquiana pelos Emirados A. Unidos

Toyako (Japão), 7 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, expressou hoje sua satisfação com o anúncio dos Emirados Árabes Unidos de que perdoará a dívida iraquiana e reabrirá sua embaixada em Bagdá.

Em declarações em Toyako (Japão), onde Bush se encontra para participar da cúpula do Grupo dos Oito (G8), o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Gordon Johndroe agradeceu "o reconhecimento de que um Iraque próspero e seguro convém a todos na região".

Além disso, segundo Johndroe, o Governo iraquiano "deve ser aplaudido por sua contínua aproximação de seus vizinhos e por seus esforços para fazer progredir uma agenda positiva mediante a diplomacia regional".

Os Emirados anunciaram este domingo, durante uma visita a este país do primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, que cancelará a dívida iraquiana, de cerca de US$ 4 bilhões e abrirá uma embaixada em Bagdá. EFE mv/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG