céticos com acordo entre Governo e oposição no Zimbábue - Mundo - iG" /

EUA estão céticos com acordo entre Governo e oposição no Zimbábue

Washington - Os Estados Unidos se mostraram nexta sexta-feira um pouco céticos sobre o acordo alcançado entre a governista União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (ZANUF-PF) e o opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC), para formar um Governo de união nacional.

Redação com EFE |

"Estamos um pouco céticos com este acordo. Este tipo de coisa foram anunciadas anteriormente. A chave sempre está na colocação em prática", afirmou nexta sexta o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood, em sua entrevista coletiva diária.

"O que importa aqui são as ações e não as palavras. Queremos ver uma repartição de poder real e séria por parte do regime (do presidente zimbabuano) Robert Mugabe", ressaltou.

O Governo dos EUA anterior tinha pedido várias vezes a Mugabe para que abandonasse o poder, um apelo que o porta-voz não quis reiterar, apesar de afirmar que o líder do Zimbábue tenha "abusado do poder" e o responsabilizou pela crítica situação humanitária e econômica que esse país africano atravessa.

"O que Robert Mugabe tem que fazer é o que mais convém aos zimbabuanos, uma divisão de poder efetivo, equitativo, justo e em linha com a vontade dos cidadãos zimbabuanos, isso é o que é preciso", disse Wood.

O Governo anterior americano impôs duras sanções contra o Zimbábue, mas a nova Administração está revisando sua política em relação ao país africano.

Antes de tomar qualquer decisão sobre um hipotético levantamento de sanções ou um plano de ajuda econômica, o governo de Barack Obama quer ver em que resulta o acordo alcançado pelas duas partes no Zimbábue.

Leia também:

Leia mais sobre Zimbábue

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG