A possibilidade de melhoria das relações entre Estados Unidos e Cuba continua dependendo do governo de Havana, afirmou neste sábado Robert Gibbs, porta-voz da Casa Branca.

Indagado se a 'bola estava no campo cubano', afirmou: "Sempre esteve".

"As ações são sempre mais significativas que as palavras, sem importar a extensão dos discursos. Continuaremos avaliando e observando o que acontece. Estamos ansiosos para ver o que o governo cubano tem vontade de fazer", afirmou Gibbs, que acompanha o presidente Barack Obama na Cúpula das Américas em Trinidad e Tobago.

lal/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.