EUA esperam que Coréia do Norte apresente seu relatório nuclear na quinta-feira

A Casa Branca assinalou nesta segunda-feira que espera que a Coréia do Norte apresente um relatório crucial sobre sua atividade nuclear na próxima quinta-feira à China, que modera as conversações de seis partes com Pyongyang.

AFP |

"Essa é a data limite, em 26 de junho vence o prazo", indicou a porta-voz Dana Perino.

Perino confirmou, no entanto, as informações da agência de notícias japonesa Kyodo que assinalou que, antes de quinta, esta declaração será entregue.

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, deixou Washington nesta segunda-feira para iniciar um giro pela Ásia, na tentativa de promover contatos que impulsionem a questão do desarmamento nuclear da Coréia do Norte.

Rice, que fará sua primeira escala em Berlim na terça-feira para assistir uma conferência internacional destinada a melhorar a segurança nos territórios palestinos, visitará o Japão e a Coréia do Sul, para culminar seu giro, em 30 de junho, na China.

Em sua parada em Pequim, a secretária espera ter acesso a uma esperada declaração da Coréia do Norte sobre suas atividades nucleares.

A declaração deve ser entregue por Pyongyang à China, que lidera as negociações a seis partes para o desarmamento nuclear norte-coreano, incluindo a Coréia do Norte e do Sul, Japão, Rússia e os Estados Unidos.

Após a entrega da declaração, o presidente George W. Bush deverá informar o Congresso americano seus planos de remover a Coréia do Norte da lista de estados que patrocinam o terrorismo, indicou Rice.

lc/fb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG