EUA esperam ajuda do Irã em luta contra tráfico no Afeganistão

Washington, 28 mar (EFE).- Os Estados Unidos esperam conseguir na próxima semana, durante a conferência internacional sobre o Afeganistão, o compromisso do Irã na luta contra o narcotráfico no país centro-asiático, informou hoje a Casa Branca.

EFE |

O conselheiro adjunto de Segurança Nacional da Casa Branca, Denis McDonough, afirmou hoje que a "conclusão" dos EUA e, provavelmente, a do Irã "é que há assuntos relacionados, por exemplo, aos narcóticos, que representam uma oportunidade" para que Teerã "lide com o Afeganistão de modo que possa minimizar um assunto ou uma preocupação" que as autoridades americanas também têm.

O Irã aceitou o convite para participar da conferência internacional sobre o Afeganistão que acontecerá dia 31, em Haia (Holanda).

O enviado dos EUA para o Afeganistão e o Paquistão, Richard Holbrooke, classificou essa participação como "um passo adiante".

Na última reunião internacional sobre o Afeganistão, na qual o presidente dos EUA ainda era George W. Bush, o Irã declinou o convite.

Segundo McDonough, "todos sabemos que a receita procedente do tráfico de ópio e de heroína financia os extremistas, no sul em particular".

"Queremos pensar que, dado o problema não pouco substancial do uso de heroína no Irã, há possibilidades de se cooperar com o Irã sobre este assunto", acrescentou o alto funcionário, segundo quem, ao longo das próximas semanas, "haverá várias oportunidades para que o Irã se envolva neste assunto". EFE mv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG