O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, está estudando o envio de mais 4.000 soldados para o Afeganistão para ajudar no treinamento das forças de segurança desse país, disseram nesta quinta-feira funcionários americanos de alto escalão.

A brigada seguirá "mais tarde, ainda este ano", disse um funcionário da Defesa à AFP.

Mês passado, o governo dos EUA decidiu enviar 17.000 efetivos que vão se somar à força de 38.000 militares já presente no Afeganistão.

O presidente Barack Obama anunciará nesta sexta-feira uma nova estratégia para o Afeganistão, integrando nela o vizinho Paquistão, depois de cerca de dois meses de estudos e revisão, disse o porta-voz, Robert Gibbs.

"O presidente está (...) informando os membros do Congresso sobre esses planos", disse Gibbs à imprensa.

Obama faz da nova estratégia no Afeganistão, mas também no Paquistão, uma de suas grandes prioridades internacionais.

Ele ordenou uma revisão do planejamento depois da posse no dia 20 de janeiro, e anunciará seu resultado alguns dias antes da cúpula da Otan, durante a qual a intensificação da violência no Afeganistão será um dos grandes temas.

ddl/dm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.