EUA enviam ajuda a vítimas de tufão em Taiwan

Os Estados Unidos enviaram um avião de carga a Taiwan no domingo, enquanto a China ofereceu o envio de helicópteros para ajudar a resgatar mais de 1.600 pessoas ainda isoladas, uma semana depois da passagem do tufão Morakot pela ilha.

AFP |

Ao mesmo tempo que prossegue a operação para resgatar os habitantes das zonas do sul de Taiwan devastadas pelo tufão, o presidente taiwanês, Ma Ying-jeou, pediu desculpas pela segunda vez pela lentidão do governo em auxiliar vítimas.

"Sinto muito, demoramos muito. A única coisa que esperamos agora é poder fazer com que a normalidade volte a reinar em suas vidas o mais rápido possível", declarou no condado de Pingtung.

O balanço oficial de mortes é de 124, mas o presidente já admitiu que o número de vítimas pode superar 500. As autoridades temem que centenas de pessoas estejam soterradas no povoado de Siaolin.

Os helicópteros tentam resgatar os desabrigados nas regiões montanhosas do sul, ao mesmo tempo que 41.000 soldados buscam vítimas e socorrer as pessoas isoladas.

A reconstrução das estradas e pontes que desabaram na passagem do tufão pode durar até seis meses.

Um avião militar americano C-130 com mantimentos e material pousou na cidade de Tainan neste domingo, procedente de uma base americana em Okinawa (Japão).

A China, em um sinal de aproximação de Taiwan, se ofereceu para ceder helicópteros para as operações de resgate.

pol-cty-dd/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG