Washington, 26 set (EFE)- O Governo dos Estados Unidos enviou para Iêmen e República da Irlanda três homens que tinham ficaram detidos na prisão militar de Guantánamo, informou esta noite o Departamento de Justiça. Dois deles, cujos nomes não foram divulgados a pedido do Governo da República da Irlanda, foram enviados a esse país, e Alla Ali Bin Ali Ahmed foi enviado a seu país, Iêmen, assinalou o comunicado. Fontes do Governo do presidente Barack Obama disseram esta semana que, provavelmente, haverá demoras no fechamento do centro de reclusão na base naval americana na baía de Guantánamo (Cuba). Obama decretou em janeiro passado o encerramento das atividades do centro de detenção e fixou para janeiro de 2010 o fechamento dessa prisão na qual centenas de homens, capturados em diferentes partes do mundo, foram detidos desde 2002 como supostos terroristas. Em alguns momentos houve em Guantánamo mais de 750 detidos e restam agora cerca de 220. O Governo americano administra com os de outros países a transferência de alguns dos detidos, e outros serão submetidos a tribunais militares ou civis nos EUA.

EFE jab/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.