EUA entregam para Bagdá todas as iraquianas detidas em suas prisões

Bagdá, 16 dez (EFE).- O Exército americano entregou às autoridades de Bagdá todas as mulheres iraquianas que tinha retidas em suas prisões no Iraque, informou hoje em comunicado o comando militar dos Estados Unidos no país árabe.

EFE |

Estes números não coincidem com os divulgados hoje pelo Ministério de Assuntos da Mulher do Iraque, que anunciou que as autoridades americanas colocaram em liberdade seis das 14 mulheres retidas em prisões supervisionadas por militares dos EUA, por isto restam oito prisioneiras nestas prisões.

Por outro lado, o comunicado do Exército afirmou que as últimas 10 prisioneiras iraquianas em prisões dos EUA no Iraque foram transferidas ontem do centro de detenção americano Camp Cropper, próximo ao aeroporto internacional de Bagdá, para uma prisão iraquiana na capital.

O comando militar americano explicou em sua nota que atualmente há cerca de 15.500 réus em prisões da coalizão multinacional no Iraque, em comparação com os 26.000 que havia nestes centros em novembro de 2007.

Desde o início de 2008, quase 18.000 reclusos foram colocados em liberdade. EFE sy/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG