EUA elogiam ofensiva paquistanesa contra talibãs

Islamabad, 16 ago (EFE).- O enviado especial dos Estados Unidos para o Paquistão e Afeganistão, Richard Holbrooke, de visita a Islamabad, afirmou hoje que Washington está impressionado com a ofensiva paquistanesa contra os talibãs no vale de Swat, norte do país, e em áreas próximas.

EFE |

Em entrevista coletiva na capital paquistanesa retransmitida ao vivo pelo canal de televisão privado "Dawn", Holbrooke lembrou que durante uma das visitas que fez ao país, no começo do ano, "os talibãs estavam a 100 quilômetros de Islamabad", em referência ao vale de Buner, divisa com Swat.

No final de abril, o Exército lançou uma ofensiva, cuja fase principal já deu por encerrada, sobre Buner, Swat e outros distritos, mas hoje mesmo seis fundamentalistas morreram em combates com as forças de segurança em Swat.

O enviado americano, que chegou a Islamabad neste sábado e deixará o Paquistão na terça-feira, não quis dizer se o país deve lançar outra ofensiva sobre a região tribal do Waziristão do Sul, fronteira com o Afeganistão e principal reduto dos insurgentes.

"A decisão de empreender outras ofensivas corresponde ao Paquistão, mas estamos impressionados com o sucesso de Swat", afirmou o diplomata americano.

"Não estamos aqui para dar assessoria tática (militar), nós só damos apoio" ao Paquistão, acrescentou.

Em sua visita, Holbrooke se reuniu com vários líderes políticos, entre eles o ministro de Exteriores, Shah Mehmood Qureshi, com quem também conversou sobre as eleições presidenciais do Afeganistão, em 20 de agosto.

Qureshi participou da entrevista do enviado americano, e criticou os "recursos limitados" dos quais dispõe o Exército paquistanês para lutar contra os insurgentes, mas garantiu que seu Governo está "decidido a eliminar os terroristas". EFE igb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG