EUA elogiam escolha de novo enviado especial da ONU para o Saara

Washington, 7 jan (EFE).- O Governo dos Estados Unidos elogiou hoje a nomeação de Christopher Ross como novo enviado especial da ONU para o Saara Ocidental, posto no qual o diplomata americano terá como missão facilitar a retomada do diálogo entre o Marrocos e a Frente Polisário.

EFE |

Em nota, o porta-voz adjunto do Departamento de Estado americano, Robert Wood, desejou sucesso a Ross em sua nova posição na ONU. Além disso, elogiou o "excelente trabalho, o profissionalismo, a liderança intelectual e a dedicação" de seu antecessor, o holandês Peter van Walsum.

O Governo dos EUA ressaltou ainda a importância da colocação em prática das resoluções 1.754, 1.783 e 1.813, sobre a reativação e o processo de negociação na ex-colônia espanhola.

Neste sentido, Wood avaliou "a perspectiva de outra rodada de negociações entre o Marrocos e a Frente Polisário no começo de 2009" e pediu a ambas as partes que aceitem "rapidamente" os convites para o diálogo com o novo mediador da ONU.

O Departamento de Estado aproveitou a ocasião para pedir ao Marrocos e à Frente Polisário que "continuem negociando sem pré-condições e com boa-fé e um espírito de realismo e de compromisso com uma solução política justa, duradoura e mutuamente aceitável".

Ross, de 65 anos, é um diplomata de longa carreira no Departamento de Estado. Além de embaixador na Argélia e na Síria, ocupou outros cargos na Líbia, no Marrocos, no Líbano, em Israel e no Iraque. EFE ca/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG