EUA elaboram plano para envio de tropas à fronteira com México

Washington, 24 abr (EFE).- Os Estados Unidos elaboram um plano para o possível envio de tropas da Guarda Nacional à fronteira com o México, o que marcaria uma mudança na postura do presidente Barack Obama sobre a militarização da região, publica hoje o diário The Washington Post.

EFE |

Segundo fontes oficiais citadas pelo diário, o Pentágono e o Departamento de Segurança Nacional elaboram o plano, mas ainda não determinaram as condições para o envio da Guarda Nacional à fronteira.

O plano está dentro de um projeto de lei de despesas suplementares para a Guerra do Iraque, de cerca de US$ 83 bilhões e que inclui até US$ 350 milhões para "operações antinarcóticos e outras atividades" na fronteira sul.

Ainda segundo o jornal, embora o plano não cite o desdobramento de tropas, o objetivo é fornecer ao Governo Obama "flexibilidade" para responder à violência derivada do narcotráfico na fronteira e que ameaça a segurança nacional dos EUA, além de reduzir o fluxo de armas e dinheiro para o México.

O porta-voz da embaixada do México em Washington, Ricardo Alday, disse à Agência Efe que o Governo de seu país considera que os agentes de Imigração e Alfândegas (ICE) e do Controle de Álcool, Tabaco e Armas de Fogo (ATF) são uma ferramenta mais eficaz que soldados da Guarda Nacional para agir contra o crime organizado na fronteira. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG