EUA e Rússia devem manter pelo menos 1.500 ogivas cada

Rússia e Estados Unidos devem conservar cada um pelo menos 1.500 ogivas nucleares, após a assinatura de um novo acordo de desarmamento atualmente em negociação, declarou o general russo Nikolai Solonov.

AFP |

"Consideramos que não podemos ficar abaixo de 1.500 ogivas", afirmou o chefe das forças estratégicas russas.

"Mas a decisão deve ser tomada pelos dirigentes políticos", completou o general Solonov.

Rússia e Estados Unidos negociam o futuro dos acordos START 1 de redução dos arsenais nucleares, que expiram no fim do ano e foram assinados em 1991, nos últimos meses da União Soviética.

O tema será abordado pelos presidentes russo e americano, Dmitri Medvenev e Barack Obama, durante um encontro no início de julho em Moscou.

bfi/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG