EUA e Polônia fecham acordo para escudo antimísseis

Os Estados Unidos e a Polônia assinaram nesta quinta-feira em Varsóvia um acordo preliminar que prevê a instalação de parte de um escudo de defesa antimísseis americano em território polonês. O plano, que enfrenta uma forte resistência por parte da Rússia, prevê a instalação de dez mísseis interceptadores em uma antiga base militar perto da costa polonesa do Mar Báltico.

BBC Brasil |

Em contrapartida, os Estados Unidos se comprometeram a ajudar a Polônia a melhorar suas forças armadas, além de remanejar para o país mísseis defensivos Patriot e militares americanos, para reforçar as defesas aéreas polonesas.

O pedido de ajuda aos Estados Unidos na área da defesa teria sido feito depois que Moscou ameaçou atacar o sistema antimíssil se ele fosse instalado na Polônia.

"Os Estados Unidos, de acordo com o que foi acertado, (...) terá uma participação importante na modernização do Exército polonês. Nossa cooperação política e militar atinge agora um nível diferente", disse o ministro do Exterior polonês, Radoslaw Sikorski.

República Checa
Os Estados Unidos assinaram em julho um acordo semelhante com a República Checa, onde devem ser instalados radares que fazem parte do mesmo sistema de defesa.

A expectativa é de que o sistema entre em operação por volta de 2012.

Rússia se opõe ao plano, argumentando que a instalação de um sistema antimísseis americano no Leste Europeu "complica" a segurança global ao afetar o equilíbrio militar na Europa e estimula uma corrida armamentista.

Por outro lado, Washington diz que o sistema foi pensando para proteger os Estados Unidos e seus aliados na Europa de ataques de países considerados perigosos, como o Irã, e não da Rússia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG