EUA e México tentam frear tráfico de armas na fronteira

Por Jim Forsyth SAN ANTONIO, Texas (Reuters) - Autoridades norte-americanas e mexicanas assinaram nesta quinta-feira um acordo para combater o fluxo ilegal de armas e munição fabricadas nos EUA e que têm alimentado o confronto entre quadrilhas do narcotráfico no México.

Reuters |

A carta de intenções firmada em San Antonio, Texas, permitirá que agências federais norte-americanas compartilhem informações do tráfico de armas com a promotoria do México, com o objetivo de acompanhar a rota das armas ilegais e rastrear os traficantes.

O anúncio foi feio após uma reunião este mês entre o presidente dos EUA, Barack Obama, o presidente mexicano, Felipe Calderón, e o primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, em Guadalajara, México.

Um tema central dos diálogos foi a luta contra quadrilhas mexicanas que dominam o narcotráfico na fronteira de cerca de 3.219 quilômetros, com armas trazidas dos EUA.

"O fluxo de armas ilegais e munições é uma ameaça para ambos países", disse a secretária de Segurança Nacional dos EUA, Janet Napolitano, quem assinou o acordo com o procurador-geral do México, Eduardo Medina-Mora.

O acordo ajudará as autoridades dos dois países a "ir atrás dos cartéis", disse Napolitano, em referência aos cartéis mexicanos Golfo e Los Zetas e outros que dominam o narcotráfico no país.

Napolitano não disse quando EUA e México começarão a compartilhar informações sobre armas ilegais.

Segundo autoridades norte-americanas, as organizações do narcotráfico mexicanas como Los Zetas, que atuma em conjunto com o cartel do Golfo, possuem agora um sofisticado arsenal de alta potência que permite enfrentar o Exército do México.

O mês passado foi o mais violento durante os três anos de envolvimento do Exército mexicano no combate ao narcotráfico, com cerca de 850 mortes. O número de mortos neste ano chega a quase 4 mil pessoas, cerca de um terço a mais do no mesmo período de 2008.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG