Estados Unidos e China concordam em rejeitar a transformação do Irã em uma potência nuclear, destacou nesta terça-feira a secretária americana de Estado, Hillary Clinton, ao final de dois dias de diálogo bilateral de alto nível em Washington.

"A China compartilha nossas preocupações sobre um Irã convertido em um Estado com armas nucleares", disse Clinton à imprensa, após revelar sua satisfação com a posição comum de Washington e Pequim sobre este espinhoso tema.

"O potencial (iraniano) para desestabilizar o Oriente Médio e o Golfo Pérsico é visto de forma similar" por Estados Unidos e China, destacou a chefe da diplomacia americana.

Os Estados Unidos acusam o Irã de utilizar seu programa nuclear "civil" para desenvolver uma bomba atômica, algo que Teerã nega.

sct/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.