EUA doará à OMS 10% das vacinas contra a gripe

Washington, 17 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje que seu Governo doará à Organização Mundial da Saúde (OMS) 10% das vacinas contra a gripe suína que terá à sua disposição partir de outubro.

EFE |

A medida, que tem como objetivo disponibilizar as soluções imunizadoras às nações sem condições de produzi-las, faz parte de uma decisão tomada em conjunto com Brasil, França, Itália, Reino Unido, Noruega, Suíça, Austrália e Nova Zelândia, informou a Casa Branca.

"Os EUA colocarão sua vacina contra a gripe (suína) à disposição da OMS de forma constante, à medida que as doses estiverem disponíveis, com o intuito de ajudar os países que, de outro modo, não teriam acesso direto a ela", destaca uma nota.

A OMS, encarregada da resposta global à pandemia que surgiu em abril deste ano, deve receber, assim, quase 20 milhões de vacinas produzidas pelo Governo americano, que comprou 195 milhões de dose.

Segundo a Casa Branca, o Governo de Obama decidiu doar parte de suas doses "em reconhecimento ao fato de que as doenças não têm fronteiras e que a saúde do povo americano é inseparável da das pessoas ao redor do mundo".

O vírus da gripe suína, de acordo com o último relatório da OMS, já contaminou 277.000 pessoas e matou pelo menos 3.205 no mundo todo. EFE llb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG