EUA dizem que Rússia não cumpre plenamente acordo na Geórgia

Tbilisi, 20 out (EFE).- O secretário de Estado adjunto dos Estados Unidos, Daniel Fried, assegurou hoje que a Rússia não terá cumprido o acordo de cessar-fogo com a Geórgia até que deixe de fato o distrito de Ajalgori.

EFE |

"A situação na região não pode ser qualificada de satisfatória, já que a parte russa não cumpriu plenamente o acordo de cessar-fogo", assegurou Fried em coletiva de imprensa.

O americano ressaltou que os observadores europeus devem ter acesso a Ajalgori, na Ossétia do Sul, e também a Kodori, que fica na Abkházia.

Fora isso, denunciou que as autoridades de Ajalgori estão ameaçando a população local a abandonar seus lares, quando uma das missões dos observadores europeus é garantir o retorno dos deslocados.

Fried pediu à comunidade internacional que force a Rússia a cumprir o acordo de cessar-fogo assinado em 12 de agosto pelos presidente russo, Dmitri Medvedev, e francês, Nicolas Sarkozy.

O chanceler russo, Serguei Lavrov, assegurou recentemente que a região de Ajalgori se encontra na Ossétia do Sul e que por isso não está incluída no acordo de cessar-fogo.

Em relação à situação política na Geórgia, Fried reconheceu que "ainda há muito a ser feito de modo a fortalecer as instituições democráticas".

"Os EUA sempre apoiarão o Governo eleito pelo povo georgiano".

Apesar das críticas, a Rússia começou esta semana a desdobrar tropas regulares em Abkházia e Ossétia, que assinaram acordos de assistência mútua, em caso de agressão, com Moscou. EFE io/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG