EUA dizem que reunião multilateral sobre Irã foi positiva

Washington, 4 fev (EFE).- O Governo dos Estados Unidos afirmou hoje que as conversas sobre o programa nuclear iraniano realizadas na Alemanha entre representantes deste país e dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (EUA, Rússia, França, Reino Unido e China) foram rigorosas, muito positivas e serviram para reafirmar a unidade e a importância do grupo.

EFE |

Na reunião, os seis países combinaram de se reunir de novo, assim que o Governo americano completar a revisão de sua política para o Irã, explicou o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood.

O subsecretário de Estado para Assuntos Políticos e "número três" do Departamento de Estado americano, William Burns, participou do encontro do grupo de nações que negociam com o Irã.

Segundo Wood, depois das conversas, Rússia, França, Reino Unido e China destacaram "a vontade dos EUA de estabelecer um diálogo com o Irã".

As seis potências decidiram manter teleconferências enquanto Washington revisa sua estratégia para o Irã, reiterou o porta-voz.

A este respeito, Wood assegurou que o Governo americano tenta concluir "o mais rápido possível" sua revisão. Além disso, frisou que este processo não implica o congelamento do diálogo ou de ações.

Os negociadores também concordaram quanto à necessidade de o Irã cumprir as resoluções da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

O encontro serviu para que as partes reafirmassem a "unidade" do grupo perante a estratégia de incentivos e sanções que empregam em suas negociações com o Irã, acrescentou Wood. EFE ca/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG