EUA dizem que respeitarão aproximação de El Salvador e Cuba

San Salvador, 18 mar (EFE).- Os Estados Unidos respeitarão a decisão do presidente eleito de El Salvador, Mauricio Funes, de restabelecer relações diplomáticas com Cuba, conforme disse nesta quarta-feira o secretário de Estado adjunto americano para a região, Thomas Shannon.

EFE |

O americano disse, em coletiva de imprensa na embaixada de seu país em San Salvador, que "El Salvador é um país soberano" e os EUA vão "respeitar as decisões" de seu Governo.

Funes anunciou hoje que seu Governo, que começa em 1º de junho, restabelecerá as relações políticas com Cuba, depois que fossem suspensas em 1959, após a chegada de Fidel Castro ao poder.

De acordo com Shannon, em política externa é importante "focar nas áreas comuns", mas também "saber conduzir a diferença entre países".

O diplomata disse que a relação bilateral "durou por muito tempo" e que os EUA continuarão com um diálogo que fomente a cooperação, mas "reconhecendo que El Salvador é um país soberano".

"El Salvador vai tomar decisões baseado na valorização de seus interesses", afirmou Shannon.

Sobre a relação de EUA e Cuba, o americano disse que o presidente Barack Obama expressou "claramente" que sua visão para a ilha é de que se transforme em um país "democrático". EFE cp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG