EUA dizem que ONU é essencial na sua nova política externa

Nova York, 12 ago (EFE).- A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Susan Rice, qualificou hoje de essencial o papel das Nações Unidas na política externa do presidente americano, Barack Obama.

EFE |

Em uma conferência na Universidade de Nova York (NYU, em inglês), Rice falou sobre os princípios que guiarão as ações de seu país e disse que a colaboração com a ONU é "vital para conseguir um mundo mais seguro e melhor".

"A ONU é essencial em nossos esforços para impulsionar atuações coordenadas que façam dos EUA um lugar mais seguro e protegido", afirmou.

Rice também lamentou que seu país tenha pago "um preço muito alto por rejeitar as Nações Unidas e desdenhar" de seus membros.

Fontes diplomáticas disseram à Agência Efe que o discurso teve o objetivo de preparar terreno para a visita de Obama à ONU no final de setembro.

A embaixadora americana também citou a ameaça terrorista, a proliferação nuclear, a crise financeira e a guerra no Afeganistão como "perigos transnacionais, que cruzam as fronteiras com a liberdade do vento e, por definição, não podem ser abordadas por um único país". EFE.

jju/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG