EUA dizem que ofensiva no Afeganistão só começou

Washington, 21 fev (EFE).- O chefe do Comando Central dos Estados Unidos, general David Petraeus, afirmou hoje que a ofensiva lançada pelas tropas aliadas há uma semana na cidade de Marjah é apenas a primeira operação de uma grande campanha contra os insurgentes no Afeganistão.

EFE |

No final de semana passado, as tropas internacionais lançaram uma operação militar com 15 mil soldados contra um reduto insurgente do sul do Afeganistão, a maior ofensiva em número de militares desde a queda do regime talibã, em 2001.

A operação Moshtarak ("Juntos", na língua dari) almeja retirar os talibãs de Marjah, uma dos principais redutos fundamentalistas da extensa província de Helmand (sul).

Hoje, em declarações à rede de televisão americana "NBC", Petraeus assegurou que esta ofensiva "é apenas a operação inicial de uma campanha que durará de 12 a 18 meses".

O general não conseguiu estimar uma duração exata para a luta ao alegar que os insurgentes respondem com fortes contra-ataques.

"Quando lançamos uma ofensiva, e tomamos o controle de santuários dos talibãs e outros elementos extremistas, vemos que contra-atacam.

Estamos vendo isso em Marjah e em outras áreas. Mas vamos atrás deles", afirmou. EFE pgp/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG