não foi um gesto - Mundo - iG" /

EUA dizem que libertação de iranianos não foi um gesto

LAquila (Itália), 9 jul (EFE).- A libertação de cinco iranianos que o Exército americano deteve no Iraque em 2007 não foi um gesto de Washington ao Irã, afirmou hoje a Casa Branca.

EFE |

Em declarações à imprensa em L'Aquila (Itália), onde acontece a cúpula do G8 (os sete países mais industrializados e a Rússia), o americano Denis McDonough, conselheiro adjunto de Segurança Nacional, afirmou que os Estados Unidos entregaram os iranianos ao Iraque.

A transferência do grupo foi em cumprimento ao acordo assinado no ano passado para a permanência das tropas americanas no país árabe.

"(A libertação) Foi uma consequência do acordo de segurança assinado com um Estado soberano", afirmou Gibbs.

O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores do Irã, Hassan Qashqavi, disse hoje que os cinco iranianos foram entregues ao Governo iraquiano às 10h30 de Bagdá (4h30 de Brasília).

Os iranianos, que já entraram em contato com suas famílias, foram detidos por marines americanos em 11 de janeiro de 2007, quando estavam no consulado do Irã na cidade curdo-iraquiana de Erbil.

As forças americanas, que não sabiam que os detidos eram diplomatas, libertaram dois deles no final de 2007.

O Irã diz que os três restantes foram soltos hoje, com outros dois supostos diplomatas detidos na mesma região em outra operação das forças americanas. EFE mv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG