EUA dizem que Colômbia respeita os Direitos Humanos

O Departamento de Estado certificou-se de que o governo e as forças armadas de Colômbia respeitam os Direitos Humanos, um requisito necessário para que o Congresso americano libere fundos de assistência militares, informou nesta sexta-feira um comunicado.

AFP |

"O Departamento de Estado determinou e certificou ao Congresso que o governo e as forças armadas da Colômbia cumprem com os critérios legais com relação aos Direitos Humanos e os grupos paramilitares", destacou o comunicado do porta-voz Ian Kelly.

Esta decisão "permite que o total dos fundos do ano fiscal 2009 designados à assistência das forças armadas colombianas seja entregue", indicou.

No entanto, o comunicado destacou que não há dúvidas de que a Colômbia deve melhorar em certas áreas, ao mostrar preocupação as escutas ilegais realizadas pelo serviço de inteligência (DAS), entre outras.

Os Estados Unidos "estão comprometidos a adotar medidas para incentivar um maior respeito aos Direitos Humanos pelo exército colombiano assim como apoiar qualquer investigação independente do escândalo das escutas, apontou o comunicado.

du/jz/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG