EUA dispostos a ajudar o Quirguistão a superar a crise

Moscou, 14 abr (EFE).- Os Estados Unidos avaliam positivamente os planos do Governo de confiança popular criado no Quirguistão após a derrocada do presidente, Kurmanbek Bakiyev, e está disposto a ajudar ao país a superar a crise, declarou hoje em Bishkek o subsecretário de Estado americano Robert Blake.

EFE |

"Estamos dispostos a ajudar (ao Quirguistão) para sair desta situação", afirmou o diplomata americano, citado pela agência russa "Interfax".

O subsecretário de Estado para Ásia Central e do Sul classificou de produtiva sua reunião com o novo líder quirguiz, Rosa Otunbayeva, ex-ministra de Exteriores.

"Após as conversas sinto certo otimismo em relação aos planos do Governo provisório quirguiz", disse.

Por sua vez, Otunbayeva assinalou que se dirigiu aos Estados Unidos para que Washington preste socorro econômica ao novo Governo.

"Colocamos o representante do Departamento de Estado americano que os Estados Unidos prestem apoio econômico direto aos ministérios", detalhou a política, quem também foi embaixadora nos EUA e o Reino Unido.

Assinalou que os problemas que tem o país em matéria orçamentária são tão graves, que não está em condições de pagar salários nem de emprestar assistência médica aos feridos nos violentos choques entre Polícia e manifestantes antigovernamentais registrados na semana passada principalmente em Bishkek. EFE egw/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG