EUA: diálogo deve respeitar mudanças na Venezuela, Bolívia e Equador

Os Estados Unidos devem mostrar respeito às mudanças que vêm acontecendo na Venezuela, na Bolívia e no Equador na hora de dialogar com esses países, afirmou nesta quarta-feira o responsável da diplomacia para a América Latina do Departamento de Estado, Thommas Shannon.

AFP |

"Estes países mudaram de formas significativas e históricas, há novas lideranças; novos setores da sociedade têm vozes significativas, e temos que levar isso em conta", disse Shannon, durante a conferência anual do Conselho das Américas que acontece nesse departamento em Washington.

"Temos que nos assegurar de que nosso diálogo respeita estas mudanças internas", disse.

Shannon destacou que, na recente Cúpula das Américas em Trinidad, os Estados Unidos conseguiram dar passos importantes nas relações com Venezuela, Bolívia e Equador, países como os quais mantiveram relações conflituosas nos últimos anos.

Segundo ele, as relações com estes três países são diferentes, apresentam metas distintas e serão tratadas de forma diferenciada.

Shannon acrescentou que Washington espera poder "esclarecer algumas preocupações que levaram à expulsão de dois diplomatas americanos de Quito".

Terça-feira, a Casa Branca designou Arturo Valenzuela para substituir Shannon como responsável para a América Latina no Departamento de Estado.

du/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG