Tamanho do texto

Bagdá, 5 set (EFE).- O Exército americano anunciou hoje a detenção de 14 supostos membros da rede terrorista Al Qaeda no Iraque em várias operações na cidade de Mossul, que fica 400 quilômetros ao norte de Bagdá.

Segundo um comunicado militar, entre os detidos está um dirigente da organização relacionado com as operações da rede terrorista em Mossul.

De acordo com a nota americana, o detido, cujo nome não foi revelado, supervisionava todos os ataques nesta zona do país e dava conselhos aos combatentes.

Junto a ele foram detidos vários ativistas relacionados com o financiamento da Al Qaeda na localidade, que tem maioria sunita.

"Não há nenhum esconderijo seguro para Al Qaeda no Iraque", assegurou o porta-voz do Exército americano John C. Hall, citado no comunicado.

Em outra nota, o comando militar dos EUA anunciou a detenção, ontem, de um importante membro de uma "rede criminosa" na localidade de Beiji, 180 quilômetros ao norte de Bagdá.

O comunicado, que não dá mais detalhes, se limita a explicar que o suspeito poderia ser o dirigente de uma célula terrorista que opera em uma população próxima à refinaria de petróleo de Beiji.

O Exército americano anunciou nas últimas semanas a detenção de centenas de pessoas no norte do Iraque supostamente vinculadas com a rede terrorista Al Qaeda. EFE am/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.