Washington, 20 mar (EFE).- O Governo dos Estados Unidos anunciou hoje que destinará uma verba de US$ 141 milhões para reforçar a ajuda aos deslocados pelo conflito no Iraque, que será repartida entre as distintas agências da ONU.

O Departamento de Estado americano informou que, com esta contribuição, os Estados Unidos querem ressaltar seu compromisso com a população mais vulnerável para "tornar o retorno dos deslocados uma opção mais viável em algumas zonas".

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) receberá US$ 90 milhões, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), US$ 15,5 milhões, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) obterá US$ 3,1 milhões.

Por outra parte, o Programa Mundial de Alimentos (PMA) receberá US$ 8 milhões, enquanto outros US$ 34 milhões serão distribuídos entre diferentes ONGs.

O Departamento de Estado explica que, com esta distribuição, os Estados Unidos querem seguir fornecendo material de emergência aos iraquianos, trabalhar na reabilitação de sistemas de água potável e na reconstrução de escolas.

Os US$ 141 milhões anunciados hoje, somados aos US$ 9 milhões que os EUA já tinham comprometidos, totalizarão US$ 150 milhões de ajuda aos refugiados iraquianos em 2009. EFE elv/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.