Os Estados Unidos desembolsaram nesta quarta-feira uma ajuda orçamentária de 150 milhões de dólares à Autoridade Palestina, depois de assinar um acordo entre ambas as partes.

O primeiro-ministro palestino, Salam Fayad, e o cônsul-geral dos Estados Unidos em Jerusalém, Jacob Walles, assinaram o acordo de transferência desta ajuda.

A Autoridade Palestina havia obtido promessas de ajuda de um total de 7,7 bilhões de dólares em três anos em uma conferência internacional realizada em Paris.

str-ezz/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.