EUA descartam participar na cúpula de Durban II sobre racismo

Os Estados Unidos não participarão na conferência internacional de Durban II sobre o racismo, que começa na segunda-feira, em Genebra, devido ao fato de que a declaração final do encontro inclui declarações que o país não pode tolerar, indicou o departamento de Estado neste sábado.

AFP |

"Infelizmente, parece certo que certas questões não serão abordada no documento adotado pela conferência. Portanto, com pesar, os Estados Unidos não vão participar na conferência", afirma um comunicado oficial.

Negociadores na capital suíça afirmaram durante a semana que países ocidentais e muçulmanos concordaram com a declaração contra o racismo da ONU que trata de assuntos controvertidos relativos a discriminação religiosa, Israel e o Oriente Médio.

A Primeira Conferência Mundial das Nações Unidas contra o Racismo, a Discriminação Racial, a Xenofobia e a Intolerância, que foi realizada em Durban (África do Sul), em 2001, acabou com o abandono de Estados Unidos, Israel e Canadá, que consideraram anti-israelense a tentativa de alguns países árabes de condenar o sionismo.

str/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG