A Casa Branca condenou nesta sexta-feira as mentiras sem fundamento, ignorantes e cheias de ódio do presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, que voltou a afirmar que o Holocausto foi um mito.

"Já ouvimos esse tipo de retórica no passado, mas é óbvio que condenamos as declarações dele. Quero lembrar aqui o que o presidente disse no Cairo: negar o Holocausto é infundado e ignorante", declarou Robert Gibbs, porta-voz de Barack Obama, referindo-se ao discurso do presidente americano para o mundo muçulmano.

"Promover essas mentiras maldosas só contribui para isolar mais ainda o Irã do resto do mundo", acrescentou Gibbs.

lal/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.