EUA denuncia piora nae liberdade religiosa e do uso de internet na China

Washington, 11 mar (EFE).- A situação dos direitos humanos na China segue ruim e piorou em algumas áreas em 2009, segundo um relatório do governo americano que destaca a deterioração da liberdade religiosa e dos controles impostos ao uso da internet naquele país.

EFE |

Em relatório anual enviado ao Congresso, o governo dos EUA sustenta que no ano passado "houve aumento no número de prisões e intimidação aos defensores dos direitos humanos".

Da mesma forma, também foi intensificada a perseguição a algumas minorias étnicas, como uigures e tibetanos, e a "limitação à liberdade de expressão e ao controle do acesso e do uso da internet". EFE.

jab/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG