EUA: déficit orçamentário fica em US$ 20,907 bilhões em abril

O déficit orçamentário dos Estados Unidos aumentou em abril, ficando em 20,907 bilhões de dólares, com o acumulado para o exercício atual iniciado em outubro batendo recorde, segundo dados publicados nesta terça-feira pelo Tesouro americano.

AFP |

Este dado corresponde às previsões dos economistas, que esperavam um déficit de 20 bilhões de dólares.

No entanto, esta é a primeira vez que o Estado federal registra um déficit em um mês de abril desde 1983, e este déficit é um recorde para esse mês do ano.

Desde o início do exercício 2008-2009 em outubro, o orçamento registrou sete meses consecutivos de déficit.

Ao final desses sete meses, o déficit acumulado do Estado federal atingiu 802,292 bilhões de dólares, ou seja, cinco vezes mais do que um ano antes, segundo dados divulgados pelo departamento do Tesouro.

Em dados acumulados para os sete primeiros meses do ano, os gastos chegaram à quantia recorde de 2,058 trilhões de dólares, uma alta de 20,9% em comparação com o mesmo período do ano anterior, devido às inúmeras intervenções do Estado para sustentar a economia.

As receitas chegaram a 1,256 trilhão de dólares de outubro a abril, em queda de 19%. Este recuo reflete os efeitos da crise, que diminui os lucros das empresas e eleva o desemprego, reduzindo assim os impostos arrecadados.

A Casa Branca revisou em alta segunda-feira sua previsão de déficit para o exercício em curso, a 1,841 trilhão de dólares, ou seja, mais de 13% do Produto Interno Bruto (PIB) americano.

Justificando este déficit recorde pelas circunstâncias excepcionais nascidas da crise e da situação herdada do governo anterior, o presidente americano Barack Obama se comprometeu a deixar o déficit em aproximadamente 3% do PIB em 2013, ano que marcará o fim de seu mandato.

mj/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG