EUA: deficiente mental passa o réveillon esquecido em um ônibus

Um deficiente mental de 22 anos passou a noite do réveillon esquecido no banco de um ônibus em Nova York, com temperaturas de até nove graus abaixo de zero, indicou nesta sexta-feira a polícia.

AFP |

Edwin Rivera, que tem idade mental de um menino de dois anos, desapareceu na tarde de quarta-feira, quando seus familiares constataram que ele não havia voltado para sua casa, da instituição na qual ele fica durante o dia.

A família denunciou o ocorrido à polícia e passou a madrugada do Ano Novo sem saber onde ele estava. O jovem foi finalmente encontrado 17 horas depois, na manhã de quinta-feira, no banco do ônibus em um estacionamento do Brooklyn.

Um porta-voz da polícia indicou que a pessoa encarregada da empresa de transporte, Linda Hockaday, está detida e foi indiciada por conduta imprudente.

Os familiares denunciaram a falta de responsabilidade da empresa. "Como é possível esquecer-se assim de uma pessoa. Ele estava amarrado no banco", disse sua irmã Cristina Rivera ao canal CBS.

ltl/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG