EUA defendem integração da Geórgia à Otan

BUDAPESTE - O secretário de Defesa americano, Robert Gates, pediu hoje na capital húngara Budapeste aos membros da Otan que apóiem o convite à Geórgia ao Plano de Ação para a Adesão (MAP, em inglês), estágio prévio para os países que pretendem integrar a Organização Tratado do Atlântico Norte.

EFE |

Gates, que participava de reunião informal de ministros aliados de Defesa, disse que "é preciso apoiar os esforços da Geórgia" e suas aspirações de integrar-se à Otan.

O secretário americano disse, após reunir-se com seu colega georgiano, Davit Kezerashvili, que "para a Geórgia o importante é assegurar sua independência e integridade territorial".

Além disso, lembrou que amanhã a Comissão Otan-Geórgia se reunirá pela primeira vez dentro do encontro ministerial.

Kezerashvili qualificou de "intensas" as relações entre Geórgia e EUA e adiantou que as negociações entre os países continuarão na segunda metade de outubro.

Em Budapeste, reúnem-se hoje e amanhã os representantes dos 26 países-membros da Otan e de 14 outros países que participam de ações da organização para discutir questões internacionais como as situações no Afeganistão e no Kosovo.

Leia mais sobre Geórgia

    Leia tudo sobre: georgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG