EUA dão novo sinal de apoio à Geórgia

Washington, 9 jan (EFE).- A secretária de Estado, Condoleezza Rice, e o ministro georgiano de Exteriores, Grigori Ashadze, assinaram hoje um acordo de associação estratégica que procura respaldar Tbilisi após o conflito com a Rússia e aproximá-la da Otan.

EFE |

O acordo, denominado Carta de Cooperação Estratégica entre EUA e Geórgia, foi assinado pelos duas titulares de Exteriores em cerimônia no Departamento de Estado.

A Carta pretende fortalecer a colaboração entre ambos os países em matéria de defesa, comércio, reforma econômica, democracia e troca cultural, e segurança energética, explicou Rice.

O conteúdo exato do acordo não foi divulgado pelas autoridades americanas, mas a chefe da diplomacia americana deixou claro em suas breves declarações que o objetivo do mesmo é respaldar a Geórgia após o conflito com a Rússia e aproximá-la da Otan.

O titular de Exteriores da Geórgia qualificou a assinatura da associação estratégica de "histórica" para seu país, pois evidência que ambas as nações compartilham o interesse "vital" de que a Geórgia seja forte, próspera, independente, soberana e que sua integridade territorial seja respeitada.

"Isto é algo aspirado pela Geórgia e é um primeiro passo para que o país se integre nas estruturas Euro-Atlânticas, se transforme em membro da Otan e volte à família de nações ocidentais e civilizadas", ressaltou Vashadze. EFE cae/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG