EUA dão início a procedimentos para extradição de ex-guarda nazista

Os Estados Unidos começarão nesta terça-feira o processo de extradição para a Alemanha do ex-guarda nazista John Demjanjuk, informou à AFP seu advogado, John Broadley, indicando que as autoridades vão buscá-lo em sua casa ainda hoje.

AFP |

Funcionários do departamento de Imigração e Aduana (ICE) avisaram ao advogado nesta terça-feira que pretendiam buscá-lo às 15H00 (18H00 GMT) em sua residência, no subúrbio de Cleveland (Ohio, norte).

"Tentarão levá-lo por volta das 15H00", declarou Broadley, que, junto com a família de Demjanjuk, apresentou mais um recurso para impedir sua expulsão em um tribunal de apelações de Cincinnati.

"Este recurso de suspensão ainda está em curso", acrescentou o advogado.

O octogenário de origem ucraniana, que durante o Terceiro Reich trabalhou como guarda em campos de concentração nazistas, está desde sexta-feira em condições legais de ser extraditado, após a recusa de um recurso prévio.

A Alemanha solicitou a extradição aos Estados Unidos, para onde ele se mudou depois do fim da Segunda Guerra Mundial, com o objetivo de julgá-lo pela suposta participação no massacre de milhares de judeus em campos como Sobibor e Majdanek, na Polônia, em 1943.

vmt/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG