EUA dão duas semanas de prazo ao Irã para que interrompa programa nuclear

O Irã tem duas semanas para responder seriamente à oferta internacional para que interrompa seu programa nuclear ou enfrentará medidas punitivas, advertiu a secretária de Estado norte-americana Condoleezza Rice.

AFP |

"Se não houver uma resposta séria em duas semanas sempre teremos a possibilidade de explorar o caminho de Nova York", disse Rice em referência ao Conselho de Segurança da ONU que poderá decretar uma nova série de sanções contra o Irã.

Rice fez essas declarações aos jornalistas que a acompanham em uma viagem ao Oriente Médio.

Um alto diplomata norte-americano assegurou que não espera que "uma ação iminente" ocorra em agosto, um mês de menor atividade política pelas férias de verão (hemisfério norte), mas que espera começar a trabalhar depois de uma nova "rodada de sanções".

Rice, de viagem aos Emirados Árabes Unidos (EAU) para discutir as questões relacionadas ao Irã e ao Oriente Médio, disse que o processo diplomático tem dois caminhos: por um lado, "tentamos energicamente negociar" e por outro "está a possibilidade de medidas punitivas, já que estamos em uma posição forte para advertir ao Irã de que se não atuar, será o momento de voltar ao caminho" das sanções.

lc/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG