EUA culpam Al Qaeda por atentado contra embaixada no Iêmen

WASHINGTON - O Departamento de Estado americano apontou hoje a Al Qaeda como responsável pelo atentado perpetrado contra a embaixada dos Estados Unidos no Iêmen, no qual morreram 16 pessoas.

EFE |

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Sean McCormak, disse que o atentado tem "todas as características" dos que costumam ser perpetrados pela organização terrorista Al Qaeda.

"Após consultar funcionários, acreditamos que o ataque tem todas as características de um da Al Qaeda no qual há vários veículos com explosivos envolvidos", assinalou.

McCormak confirmou que não houve nenhum cidadão americano ferido.

Entre os 16 mortos, estava um membro do serviço de segurança da embaixada de nacionalidade iemenita, vários policiais e civis, além dos autores do ataque.

No início desta quarta-feira, um comando supostamente vinculado à Al Qaeda, segundo fontes policiais, cometeu um ataque com dois veículos contra um complexo onde se encontra a embaixada dos EUA na capital iemenita, que causou 16 mortos e outros vários feridos.

Leia mais sobre atentados

    Leia tudo sobre: atentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG