Os Estados Unidos criticaram nesta sexta-feira o relatório da ONU sobre a Faixa de Gaza por apresentar foco excessivo nas ações de Israel durante a ofensiva de 22 dias contra o grupo radical islâmico Hamas.

"Embora o relatório mencione todos os lados do conflito, há um foco excessivo nas ações de Israel", declarou Ian Kelly, porta-voz do departamento de Estado americano.

lc/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.