Uma corte federal de apelações suspendeu nesta sexta-feira a execução de Troy Davis, um negro americano condenado à morte pelo assassinato de um policial branco, antes de um polêmico julgamento, previsto para segunda-feira na Geórgia (sudeste).

A informação foi dada à AFP por Sara Totonchi, dirigente de uma associação local de luta contra a pena de morte.

Troy Davis, 40 anos, e que passou 17 no corredor da morte, foi condenado em 1991 em decisão baseada em nove testemunhas, sete das quais admitiram, depois, ter sofrido pressão da polícia.

O assunto vai ser ainda objeto de exames, o que levará algum tempo, precisou Totonchi.

lum/cel/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.