O departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou hoje ter congelado bens de uma organização de caridade com sede no Kuwait suspeita de ter apoiado e financiado a organização terrorista Al-Qaeda.

A decisão foi aplicada à sede da Revival of Islamic Heritage Society (RIHS) e visa em particular os ativos sujeitos à legislação americana em poder desta organização.

"A RIHS utilizou a caridade e a ajuda humanitária para mascarar o financiamento a atividades terroristas e ferir civis inocentes, principalmente em regiões pobres", diz em comunicado Stuart Levey, subsecretário americano do Tesouro.

O governo americano havia decidido aplicar medidas semelhantes aos escritórios da RIHS no Afeganistão e no Paquistão em 2002 "com base em elementos comprovando o apoio à Al-Qaeda", precisa a nota do Tesouro.

ksh/ces/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.