EUA confirmam pedido de prisão contra Polanski

O departamento de Justiça dos Estados Unidos confirmou neste domingo que emitiu um pedido de prisão contra o cineasta franco-americano Roman Polanski, detido na noite de sábado na Suíça.

AFP |

"As autoridades suíças o detiveram em razão de um pedido (de captura) que realizamos", disse à AFP a porta-voz Laura Sweeney.

"O departamento não comenta temas de extradição, a menos que se trate de uma pessoa que esteja no território americano", destacou a porta-voz.

O ministério suíço da Justiça revelou, horas antes, que aguardava um pedido oficial para extraditar Polanski aos Estados Unidos.

Polanski foi detido no sábado, ao chegar a Suíça para participar do Festival de Zurique, por causa de uma ação judicial que corre nos Estados Unidos há mais de 30 anos, envolvendo abuso sexual contra uma menor.

Hoje com 76 anos, Polanski foi detido em 1977 em Los Angeles após denúncia apresentada pelos pais da adolescente, de 13 anos. Na época, declarou-se culpado de "relações sexuais ilegais".

Passou um mês e meio na prisão. No final de janeiro de 1978, no dia seguinte a uma reunião entre seus advogados e um juiz, na qual este deu a entender que voltaria a ordenar sua prisão, Roman Polanski embarcou em um avião para a Europa, onde vive desde então.

apo/dm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG