Os Estados Unidos confirmaram nesta segunda-feira a retomada do diálogo militar com a China, no final de fevereiro deste ano, depois de suspenso no ano passado por Pequim, em protesto contra a venda de armas de Washington a Taiwan. A informação foi anunciada há pouco por um porta-voz do Pentágono, confirmando informações divulgadas na imprensa chinesa.

dab/cha/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.