Washington, 5 mai (EFE).- O número de casos de gripe suína subiu para 403 nos Estados Unidos, onde o vírus AH1N1 se estendeu já a 38 estados, informou hoje o Centro para o Controle de Prevenção de Doenças (CDC) em seu último boletim.

Os novos números representam um aumento de 40,9% em relação a segunda-feira, quando o CDC informava sobre 286 casos confirmados em 36 estados americanos.

No entanto, o aumento não corresponde necessariamente a novos casos, mas sim à atualização na base de dados devido aos resultados de testes que chegam de laboratórios.

De acordo com o boletim do CDC, que é atualizado todos os dias às 12h (Brasília), Nova York segue liderando a lista dos estados afetados pela gripe suína, com 90 casos.

Nova York é seguida por Illinois (82); Califórnia (49); Texas (41); Delaware (20); Arizona (17); Carolina do Sul (16); e Oregon (15).

Os demais estados registram um número de casos muito inferior. A margem varia de entre um a sete infectados.

Os EUA tiveram um único caso de morte, uma criança mexicana de quase dois anos, que morreu na semana passada no Texas. EFE cai/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.