EUA confirmam 40 casos de gripe suína em cinco Estados

WASHINGTON - As autoridades sanitárias americanas confirmaram a existência de 40 casos de gripe suína em cinco Estados, explicando que este aumento não se deve a uma propagação da doença, mas a um melhor diagnóstico de seus sintomas.

Redação com agências internacionais |

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, informou nesta segunda-feira que 28 alunos de uma escola privada de Nova York haviam sido contaminados pela enfermidade.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira que não há "motivo para alarme" por causa da propagação do vírus da gripe suína no país. Obama disse, no entanto, que a ocorrência da doença nos Estados Unidos é "motivo de preocupação".

"Seguimos de perto atentamente a aparição dos casos de gripe suína nos Estados Unidos. Trata-se, evidentemente, de um motivo de preocupação que nos exige elevar o nível de alerta", afirmou o chefe de Estado em um discurso ante a Academia Nacional de Ciência nos Estados Unidos.

"Mas não há motivo de alarme", enfatizou.

Emergência sanitária

No último domingo, os Estados Unidos declararam estado de emergência sanitária devido à gripe suína.

Richard Besser, chefe em exercício do Centro para o Controle de Doenças (CDC) americano, disse, durante entrevista na Casa Branca, que há oito casos confirmados na cidade de Nova York, sete na Califórnia, dois no Texas, dois em Kansas e um em Ohio.

"Antecipamos a vocês que poderemos encontrar muito mais casos" afirmou Besser.

Segundo a secretária de Segurança Interna, Janet Napolitano, a declaração de emergência sanitária é "procedimento operacional padrão", que permite a organismos do governo liberar recursos para agências federais, estatais e locais, num esforço para a prevenção do vírus.

"Todas as pessoas que ingressarem nos Estados Unidos provenientes de um local onde haja infecção humana da gripe suína serão devidamente acompanhadas pelo CDC", explicou. "Os passageiros que apresentarem os sintomas serão isolados, de acordo com as regras estabelecidas", completou.

Leia também:

Entenda a gripe suína:

Gripe suína no Brasil

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG